A doação é um gesto de amor

Se você não tem o hábito de doar, não sabe o que está perdendo (ou deixando de ganhar!). Sim, pois saiba que o maior beneficiário da doação é o doador.

Já pensou nas diversas leituras que podemos fazer da palavra “doador”? Ela pode ser entendida, por exemplo, como aquele que “doa” a “dor”. Ou seja, quando doamos algo – seja material ou espiritual –, estamos passando à frente nossos males, carmas (dor). Entretanto, quem recebe não recebe a dor, recebe a luz em que a dor se converteu.

Eu falo da alegria que sentimos ao fazer o bem, ao sentir que possuímos algo para doar, que somos tão prósperos e ricos em recursos a ponto de compartilhar. Então seja generoso. Doe dinheiro, alimentos, roupas usadas ou novas, sapatos. Doe pensamento positivo pela evolução das pessoas e pela melhoria dos países. Visite uma instituição de caridade ou procure na internet uma instituição séria. Faça sua parte. Se cada um doasse um pouquinho de si, o mundo estaria muito melhor.

Doe uma palavra amiga, doe um ouvido para escutar o outro por alguns instantes, doe informações verdadeiras e significantes. Edifique. Doe esperança em um país melhor.

Mas não doe sem regularidade. Doe regularmente, pois quem doa com regularidade tem mais retorno. Ao se tornar um doador regular, você verá milagres ocorrerem em sua vida. Não me subestime. Sou prova viva disso. Quanto mais faço doações, mais fáceis as coisas se tornam em minha vida e mais o meu dinheiro rende. Não digo para você doar o que não tem, doe de acordo com as suas possibilidades. E doe com critério. Saiba escolher a quem doar até para não ser injusto com quem mereceria a sua doação e deixou de receber porque você doou a quem não precisava. E doe preferencialmente a desconhecidos, pois ajudar ao próximo não é doação. É fácil doar nossos recursos a quem amamos. Doe a quem você não conhece.

Outra coisa:  não doe esperando retorno. Não! Doe desinteressadamente. O benefício só vem quando doamos de coração.

A ação de doar só nos purifica quando é feita com amor. Então não espere mais para se doar por uma humanidade desperta. Doe fé nos homens e em Deus, doe esperança, doe a palavra de Deus.

Doe luz.

Doe amor! 

Publicado por Sol Antônia

Sol escritora de romances, língua portuguesa e livros de autoajuda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: